/* */

Categoria: Formação e Carreira

Guia Pratico Para Passar em Concurso Publico Funciona? Explico Tudo Abaixo!

Guia Pratico Para Passar em Concurso Publico funcionaGuia Pratico Para Passar em Concurso Publico em 1 ano: O segredo da minha aprovação

Hoje venho compartilhar uma boa notícia com vocês que me acompanham: PASSEI EM UM CONCURSO PÚBLICO!!!

Depois de terminar a faculdade, decidi que era a hora de prestar um concurso público. Mas, não queria ficar por anos tentando e me tornar uma “concurseira profissional”. Por isso, pesquisei uma forma que me ajudasse a atingir meu objetivo o mais rápido possível e, pra minha felicidade, DEU MUITO CERTO.

Não há dúvidas que o concurso público é a melhor opção quando falamos em emprego. Além de ter ótimos salários e benefícios, ser concursado nos dá estabilidade no mercado de trabalho, mesmo em tempo de crise e mudanças nas leis trabalhistas.

Estou MUITO feliz com minha conquista e quero compartilhar com vocês com vocês que consegui graças ao Guia Prático Para Passar em Concurso Público em 1 ano. Continue comigo até o final desse texto que vou explicar TUDO.

NOTA: Este post é dedicado à esclarecer dúvidas, mas se você já conhece o produto e que saber apenas onde comprar – Clique Aqui – E você será encaminhado diretamente ao site OFICIAL onde poderá comprar com segurança! 😉

O que é o Guia Pratico Para Passar em Concurso Publico em 1 ano?

O Guia Prático Para Passar em Concurso Público é um método de estudo elaborado por Kalebe Dionísio.

Kalebe Dionisio Guia Pratico Para Passar em Concurso PublicoVocê nunca ouviu falar no Kalebe? Vou começar dizendo pra vocês que ele é uma fera quando o assunto é concurso público. Com apenas 22 anos ele foi aprovado e nomeado em DEZ concursos públicos FEDERAIS.

Por esse feito, ele é considerado um recordista em aprovação pelo Rank Brasil e  Guiness Book Brasileiro…E teve uma Kalebe Dionisio materia no G1

Atualmente, o Kalebe exerce o cargo de Oficial de Justiça Avaliador Federal no TRT 6ª Região.

Para ajudar outras pessoas como eu e você a realizarem o sonho de passar em um concurso público, o Kalebe mantém o portal “Fui Aprovado“, que é um dos maiores sites de concursos e marketing digital do Brasil e também criou este guia para compartilhar este método de estudo exclusivo que agora está ao alcance de todos.

Como funciona o Guia Pratico Para Passar em Concurso Publico em 1 ano?

O guia é baseado em uma técnica única de estudo que foi desenvolvida e aperfeiçoada com a experiência de Kalebe na aprovação de concursos dificílimos.

Esta metodologia inclui pontos como escolha do concurso, organização de rotina, cronograma de estudos, técnicas para fazer uma redação nota máxima, técnicas de chute quando não souber uma questão e muitas outras dicas.

Além disso, o Kalebe desenvolveu uma técnica chamada de Tripé da Aprovação (3R), que é baseada em três atitudes, que são:

  • Resumos: Fazer resumos do que você estudou é essencial para assimilar o conteúdo estudado;
  • Revisões: as revisões fazem com que o conteúdo esteja sempre fresco em nossa mente, sem que seja preciso decorar. Dessa forma, a gente aprende mesmo o que estuda;
  • Resolução de questões: Para colocar em prática tudo o que aprendemos, há questões semelhantes as que caem em concursos ou de provas anteriores que vão ajudar a determinar o nível de aprendizado e qualifica para a hora que chegar a prova.

Segui a técnica dos 3R e realmente me ajudou MUITO a conseguir assimilar todo o conteúdo de forma de didática e me preparar para o concurso que fiz e fui aprovada.

Qual o conteúdo para o Guia Pratico Para Passar em Concurso Publico?

O conteúdo do guia é dividido em 12 módulos desenvolvidos de forma didática para que qualquer pessoa consiga aprovação ao fazer um concurso. FNO

Os módulos são:

  • Módulo 1: Explica o motivo de se fazer concurso público;
  • Módulo 2:  Traz dicas e explicações para ajudar a escolher o concurso ideal para seu perfil;
  • Módulo 3: Ensina o caminho das pedras por onde devemos começar no mundo dos concursos;
  • Módulo 4: Nesta etapa, a gente aprende como fazer a organização dos editais que nos interessam;
  • Módulo 5:  Dedicado à técnica maravilhosa que falei alí o em cima, o tripé de aprovação (3R);
  • Módulo 6: Direcionado à metodologias de estudo que irão fazer com a aprovação no concurso fique mais próxima;
  • Módulo 7: Voltado para que a gente conheça as principais bancas que corrigem as provas e como é feita a correção. E, vamos combinar, o Kalebe tem muita experiência nesse quesito, não é mesmo?;
  • Módulo 8: Ensina a técnica de chute para quando a gente fica em dúvida entre alternativas ou não sabe uma questão;
  • Módulo 9: O que devemos fazer na reta final de estudos;
  • Módulo 10: Dá dicas de como manter a nossa saúde física e mental durante os estudos, o que é importantíssimo para o sucesso de todo o processo;
  • Módulo 11: Um dos mais importantes, pois ensina técnicas valiosas para fechar a redação;
  • Módulo 12: Em caso de conseguir ser aprovado de primeira, esse módulo é voltado para você não desanimar e continuar tentando.

Pra quem é indicado o Guia Pratico para Passar em Concurso

O método de estudo desenvolvido pelo Kalebe Dionísio é indicado para você que:

  • Quer a estabilidade financeira usufruir dos bons salários e benefícios de ser funcionário público;
  • Está estudando há um bom tempo, mas não consegue aprovação;
  • Deseja aprender técnicas exclusivas para arrasar em qualquer prova;
  • Precisa de dicas para fazer uma redação 100%;
  • Quer passar em um concurso público no período máximo de um ano;
  • Não quer ficar à mercê da instabilidade do mercado de trabalho;

Se você se identificou com pelo menos três desses pontos, o Guia Prático Para Passar em Concurso Público em 1 ano É PARA VOCÊ!

Quais os benefícios do Guia Prático para Passar em Concurso

Entre os benefícios do programa, destaco para vocês:

  • Ajuda na organização e rotina de estudos;
  • Técnica realmente eficaz e rápida, sendo comprovada por milhares de pessoas que hoje ocupam cargos públicos;
  • Todo o material é digital e pode ser acessado de qualquer dispositivo conectado à internet;
  • O conteúdo é integralmente liberado no primeiro dia e você escolhe o ritmo de estudo;
  • O acesso fica disponível por 12 meses a partir da data da compra;
  • Contato direto com o professor do curso para tirar qualquer dúvida que surgir;
  • Técnica de estudo pode ser usada para qualquer tipo de prova que você busca aprovação;
  • Valor de investimento baixo para adquirir o material;

É muita coisa boa, não é mesmo? Eu posso dizer pra vocês que só depois de conhecer esse guia que realmente entendi como assimilar o conteúdo da forma certa, sem ser preciso decorar o conteúdo ou se matar estudando.

Depoimentos de Alunos do Guia Pratico Para Passar em Concurso Publico

Estava pesquisando sobre o guia e encontrei MUITOS depoimentos motivadores aprovando a técnica desenvolvida pelo Kalebe. Separei alguns deles para vocês:

Marcos Vinicius Barbosa da Fonseca (Aracaju – SE)

O curso é excelente! É o melhor e mais completo curso do segmento. A linguagem é didática, acessível e interativa. O curso tem um conteúdo que é abordado de forma intuitiva, objetiva e inteligente, trazendo as estratégias mais eficientes para o concurseiro ser aprovado nos concursos públicos. Sou eternamente grato ao professor Kalebe Dionísio pelos ensinamentos que serão para a vida toda! Sem dúvidas é o melhor curso que já fiz.

Lizandra Sampaio Baitala De Oliveira (Jaguariaíva – PR)

Achei este curso maravilhoso. Ele realmente me abriu os olhos e me mostrou como devo agir. Aprendi demais. Não adianta somente se matar de estudar por estudar, o certo é estudar com técnicas, as quais eu apreendi neste curso. Vou pôr em pratica, de modo que muito antes do que imagino passe no meu tão sonhado concurso público, se Deus quiser. Sinceramente o curso é fantástico, para mim o curso é e foi EXCELENTE.

João de Sousa Bezerra (Paraipaba – CE)

Há anos vinha procurando participar de um curso de preparação que realmente fosse completo, capaz de me capacitar para todo e qualquer desafio. Quando me inscrevi no curso, pensei, é apenas mais um curso que tenho que fazer para ouvir coisas que não me interessam, até mesmo porque o custo era muito baixo. Mas, incrivelmente, me surpreendi como nunca antes, pois achei incrível a bagagem que recebi deste curso. Nunca havia visto, qualidade, objetividade e metodologia num só lugar. Eu estava desmotivado, pensando em desistir desta vida de concurseiro e este curso reascendeu em mim a esperança que parecia ser impossível. Neste momento, sinto-me preparado e motivado para encarar e superar todo e qualquer concurso. Agradeço de coração ao Kalebe e toda a sua equipe.

Daniel Gomes Souza Ramos (Fortaleza – CE)

Didático, feito por alguém simples como eu e que ensina como se conversasse comigo no mesmo nível. Estimulante, motivador e incansável de assistir.

Depois de tantos elogios, vai dizer que você também não ficou com vontade de testar…

Bônus do Guia Pratico Para Passar em Concurso Publico

Ao adquirir o Guia Prático Para Passar em Concurso Público, você ganha 3 bônus exclusivos, que são:

  • Um arquivo com um acervo particular do Kalebe, com resumos, anotações e esquemas de estudo que fizeram com que ele conseguisse a aprovação em DEZ CONCURSOS FEDERAIS;
  • Um guia para você orientar na escolha de concursos;
  • Um e-book exclusivo com 5 passos que ensinam a ser mais produtivo nos estudos.

O Guia Prático Para Passar em Concurso Público realmente funciona?

Sim! Eu posso garantir a você que se você seguir, assim como eu, tudo que Guia Prático Para Passar em Concursos REALMENTE FUNCIONA!

Não é a toa que a metodologia desenvolvida pelo Kalebe faz o maior sucesso e já ajudou milhares de pessoas de todo o Brasil a serem aprovadas em concursos públicos.

Garantia do Guia Prático Para Passar em Concurso

O Kalebe Dionísio é tão seguro do método que ele criou que se você comprar o curso e, durante os primeiros 30 dias, achar, por algum motivo, não combina com você, é só mandar um e-mail que imediatamente o VALOR INTEGRAL do guia é devolvido.

Sem questionamentos ou burocracia o seu dinheiro é devolvido na hora!

Aproveite que o Guia Prático Para Passar em Concurso está com uma super promoção por tempo limitado.

Comprar Guia Pratico Para Passar em Concurso Publico

5 maneiras de fazer um currículo ser notado

Mantenha-o breve

Ao escrever um CV e uma carta de apresentação, é importante que o recrutador tenha uma sensação de quem você é. Mas isso não significa que eles precisam de sua história de vida. “Aplicações bem sucedidas são tudo sobre relevância. Você não precisa falar sobre tudo o que você já fez – cabe a você destacar os trabalhos com os quais você sente que pode extrair a experiência e as habilidades mais relevantes “, diz Hannah Morton-Hedges, um conselheiro de carreira que administra Momentum Careers Advice.

Manter a contagem decrescente em seu CV é complicado quando você teve muitos trabalhos paralelos que você considera relevantes. Se for esse o caso, agrupe tarefas em subtítulos, em vez de listar tudo cronologicamente, os especialistas aconselham.

Evite jargões

Você é um jogador de equipe motivado, apaixonado com excelentes habilidades de comunicação? As chances são de que você não é o único com essa habilidade na pilha na mesa do recrutador. O uso de clichês e jargões pode ser desprezível para os recrutadores, bem como um desperdício de palavras preciosas. “Seja humano”, aconselha Lydia Fairman, especialista em recursos humanos e recursos, que possui consultoria de recrutamento, Fairman Consulting. “Os empregadores querem empregar pessoas; não abuse do jargão de negócios, deixe-os saber por que você os está escolhendo como empregador e mostre-lhes o que você vai trazer para o papel “, diz ela.

Embora seja importante se vender, evite superlativos e hipérbole, adverte Gregory. “Você é” excelente “nisso, aquilo ou o outro? Quem diz isso? Ajude o painel de seleção a chegar a essa conclusão sobre você através da sua experiência e conquistas “, diz ele.

Estude cuidadosamente as especificações do trabalho e reflita sua linguagem e tom em seu CV e carta de apresentação. Além disso, use palavras-chave relevantes em todo o caso, caso a empresa de contratação esteja usando um sistema de rastreamento de candidatos- um aplicativo de software que filtra automaticamente os aplicativos dos candidatos – sugere Victoria McLean, especialista em carreira e fundadora da CityCV.co.uk.

Resuma-se

Em vez de iniciar diretamente no seu histórico de trabalho, pode ser útil incluir um breve resumo pessoal no início do CV. “Eu adoro uma seção de resumo bem escrita, que mostra de relance o que um candidato alcançou e quais habilidades eles podem trazer”, diz Margaret Buj, treinadora da entrevista.

O resumo deve ser factual, objetivo, rápido e não mais de três linhas, sugere Fairman. Não use isso para se gabar, no entanto. “Em vez de dizer:” Eu sou maravilhoso e ótimo em coisas, em equipes e sozinho “, deve dizer:” Tenho um histórico comprovado de entregar projetos de grande escala, de forma colaborativa “, diz ela.

Incluir um resumo pode ser particularmente útil para trocadores de carreira, diz McLean. Ela sugere escrever algo “curto e doce”, como: “Na sequência de uma interrupção de carreira planejada, durante a qual realizei trabalho de consultoria profissional, agora estou buscando retornar a uma carreira”.

A McLean também recomenda a criação de uma seção de informações adicionais no final do CV para quaisquer outros detalhes pessoais relevantes, como trabalho voluntário.

Resultados em vez de responsabilidades

Muitas vezes os CVs lêem como longas listas de tarefas e responsabilidades desempenhadas pelos candidatos em cada um de seus papéis. Às vezes, os candidatos até copiam e colam as especificações do trabalho de seus papéis em seu currículo, diz McLean. “Para se destacar, o foco agora deve estar em você e no que você entregou.

“O locatário precisa saber que você pode entregar os resultados que eles precisam; demonstre isso, ilustram os tempos em que você produziu resultados no passado “, diz ela.

Além dos resultados, os candidatos devem se concentrar nas habilidades que adquiriram. Isso é particularmente útil para trocadores de carreira. “Isso ajudará os empregadores a vê-lo como um pacote muito mais transferível”, diz Morton-Hedges.

Saia ao redor do currículo e carta de apresentação

Com a maioria das contratações feitas internamente, ainda pode ser um desafio conseguir que seu CV e carta de apresentação sejam percebidos, mesmo quando você passou horas aperfeiçoando. “Às vezes, não há uma resposta fácil e é tudo sobre a perseverança”, diz Sarah Archer, treinadora e fundadora da CareerTree.

Se você não está recebendo entrevistas, ela sugere ir para um café com alguém da indústria para obter seus conselhos. “Pergunte o que eles acham que falta nas suas habilidades ou experiência para ver se há lacunas óbvias”, diz ela.

É uma boa idéia para os candidatos a emprego ir diretamente aos recrutadores, o que tornará mais provável que atentem sua aplicação. “Encontre qualquer motivo para conversar brevemente sobre um papel anunciado com RH ou o gerente de linha e use as informações obtidas para informar seu aplicativo e colocá-lo à frente de outros candidatos”, sugere Gregory.

Fairman sugere um relacionamento com um bom recrutador, se você conhece um. “Dessa forma, você estará no topo da pilha sempre que surgir uma oportunidade adequada”, diz ela. Sites de rede como o LinkedIn são uma maneira útil de criar um perfil pessoal e ser notado. “Comece a influenciar”, diz Fairman. “Se você tem algo interessante para falar sobre isso é relevante para o seu papel, escreva e compartilhe artigos. Todas essas coisas o tornarão visível e proativo em sua rede “, diz ela.

carreira na direção errada? Tome cuidados ao mudar de profissão

carreira suspensa pode ser a melhor coisa que você já fez – ou pode vir a ser uma grande decepção. Aqui, quatro especialistas em carreiras revelam os maiores erros que as pessoas fazem quando revisam suas vidas trabalhadoras e dão suas melhores dicas para corrigir isso.

É realmente a sua carreira que você precisa mudar?

“Se você está realmente desesperadamente infeliz em seu trabalho, as pessoas às vezes jogam o bebê com a água do banho”, diz Ros Toynbee, diretor do The Career Coach . Analise exatamente por que você está tão interessado em renovar sua carreira antes de avançar – é realmente apenas sua posição atual que está arrastando você para baixo?

“Pode ser que você tenha um gerente horrível que tenha minado sua confiança na sua capacidade de fazer o seu trabalho”, sugere Corinne Mills, diretora-gerente da Personal Career Management . “Nesse caso, não se embargue em uma mudança de carreira como uma reação no joelho”.

Comece do lugar certo

Os trocadores de carreira muitas vezes apresentam respostas antes de fazerem as perguntas mais importantes, diz Jo Orgill, The Clarity Coach .

“Eles começam com soluções, como” Eu adoraria ser um designer gráfico “, em vez de voltar um palco e considerando o que essa carreira realmente lhes daria”, diz ela.

“Muitas pessoas começam por olhar seu currículo e educação”, acrescenta Richard Alderson, fundador ou Careershifters . “Eles pensam:” Isto é o que eu fiz no passado, portanto, isso é o que eu posso fazer no futuro “- mas o passado deles é o que eles têm para onde estão agora, e é isso que eles querem mudar”.

“Pergunte a si mesmo:” o que realmente me faz assinalar? “, Ele diz. Comece olhando para si mesmo como um indivíduo, em vez de basear suas decisões em como você se depara no papel.

Enfrente os teus medos

É preciso uma determinação para treinar e se lançar em uma nova profissão. De acordo com Alderson, os trocadores de carreira de aspirantes muitas vezes se mantêm de volta ao ficar presos nas “quatro palavras F”. Estas são finanças, falhas, amigos e familiares.

“Se você for fazer uma mudança, você precisa superar seus medos”, diz ele. “Mas apenas estar ciente deles é um bom ponto de partida”.

Toynbee sugere falar seus planos com alguém neutro, como treinador ou mentor de confiança. “Embora amigos e familiares possam apoiá-lo, eles não são imparciais”, diz ela.

Orgill diz: “As pessoas podem falar sobre mudar de carreira por anos e nunca fazê-lo. Quando você se compromete com outra pessoa, é mais provável que avance.”

Conheça o mercado de trabalho

Se você sabe o que você enfrenta e você ainda está com vontade de se treinar, assegure-se de escolher um bom curso, diz Toynbee.

“Não basta pensar que você pode sair e fazer uma qualificação e isso lhe dará um emprego. Nem todos os cursos são iguais e muitos não levam a empregos. Saiba mais sobre a taxa de empregabilidade do curso antes de se candidatar”.

“Você deve ser sensato, caso contrário você poderia estar se preparando para o fracasso”.

Compreenda exatamente o que está envolvido

Os trocadores de carreira muitas vezes não conseguem descobrir o que sua nova escolha de carreira envolverá. A Mills lembra um cliente que passou três anos de sua vida e muito dinheiro, completando um curso especializado em engenharia de som, apenas para descobrir que o trabalho não era compatível com seu estilo de vida.

“O que ele não tinha percebido era que o trabalho era na maior parte freelance. Isso envolveu viajar e pouca segurança no trabalho – simplesmente não se encaixava nas necessidades financeiras e familiares”, diz ela.

As pessoas que decidem criar seu próprio negócio também podem perder o ponto, diz Mills. Tornar-se seu próprio chefe pode ser maravilhoso, mas é financeiramente arriscado e envolve constantemente ter que se vender, adverte. Conheça a realidade antes de fazê-lo.

Tenha cuidado com a sua etiqueta

“Não se apresente como trocador de carreira, se apresente como alguém que já chegou – etiquetar-se como um editor multimídia ou um web designer, qualquer que seja a sua carreira escolhida”, aconselha Mills.

Considere também o formato do seu CV – você não precisa necessariamente do primeiro foco para ser seu histórico de emprego, que pode ou não ser relevante. “Projete seu CV para que ele comece com suas habilidades e experiência relevantes e vá para o seu histórico de carreira na segunda página”, diz Mills.

Bata na porta certa

“É um mercado de trabalho muito favorável ao risco”, diz Mills. “Os empregadores querem alguém que já fez o trabalho antes – e eles podem obter essas pessoas”.

O conselho de Alderson para aqueles que são novos para uma profissão é simples: “Não procure emprego – procure pessoas no campo”.

“Vá até eles e fale com eles sobre seu trabalho, descubra o que envolve, pergunte se eles sabem de oportunidades”.

Aproxime-se das pessoas e peça para tomá-las para um café, diz Orgill. “Você verá que as pessoas estão surpreendentemente felizes em falar sobre seus empregos e como chegaram a onde estão”.

Esteja preparado para dar pequenos passos

“Faça pequenas ações para avançar em direções que o interessem”, diz Alderson. “Às vezes, esses pequenos passos podem não ter sentido quando você os faz, pois não sabe onde eles estão liderando, mas você pode conectar os pontos quando você olha para trás”.

Um trabalho pode não corresponder a todas as suas necessidades e talvez seja necessário considerar como você organiza sua vida profissional. Orgill acrescenta: “Sua solução de carreira pode ser uma combinação de emprego, mas freelancer ou ter um negócio ao lado”, diz ela.

Mantendo o seu emprego atual pode ser uma boa idéia, concorda Toynbee. Pode até dar-lhe a liberdade financeira que lhe permitirá superar em algo que realmente ama.

Por que nunca é tarde demais para mudar sua profissão

Talvez você tenha feito tudo certo. Talvez você escolheu o seu campo favorito, o possuía na Escola de Graduação e obteve o “trabalho perfeito” fora da faculdade. Seu primeiro mês foi um sonho, seus colegas logo se tornaram sua família e você acordou antes de seu alarme todos os dias, para pular seu caminho para o trabalho.

Mas então as coisas começam a mudar. Seus amigos do cubículo são muito altos e conversadores, você adormece, o alarme desperta seis vezes antes de levantar para ir ao banheiro e você reza por fortes chuvas e ataques da cidade para que você possa permanecer em casa. Os fins de semana tornam-se sua libertação e as manhãs de segunda-feira, o diabo encarnou.

12. Porquê-é-nunca-demasiado-tarde-para-mudar-sua-profissão

Então, por que você está preso nesta rotina?

De acordo com Herzberg e Clark (1957) que realizaram extensas pesquisas sobre a relação entre a idade dos funcionários e a satisfação no trabalho, a satisfação no trabalho é em forma de U em idade com níveis mais elevados de moral entre os jovens trabalhadores, mas isso diminui após a novidade do emprego virar fora e tédio com os conjuntos de trabalho.

Isso principalmente atribui às pessoas pós-30, que enfrentam o dilema moral da estabilidade versus paixão. As pessoas têm medo de mudar sua base na totalidade, porque sempre há o risco. O seu argumento decorre do fato de que seu trabalho atual não pode despertar mais interesse ou paixão neles, mas é testado e seguro. E provavelmente parte da impressão azul de qualquer maneira.

Suzy Greaves, treinador de vida e autor respeitado de ” Making the Big Leap “, diz: ” Somos encorajados a ser bem-sucedidos, a ir para o dinheiro, o status, o carro grande, o título, mas quando conseguimos tudo isso, não podemos seja feliz. Muitas vezes, atinge as pessoas em torno de 33, quando eles decidem que fizeram tudo em sua carreira e eles querem encontrar a satisfação em vez disso “.

As pessoas têm medo de dar um salto para o desconhecido porque sempre há um tremendo risco. Eles enumeram mais contras do que profissionais e se convencem de que estão satisfeitos porque a alternativa não faz promessas. Ter trabalhado em uma empresa por dez ou mais anos tem um estilo rítmico e familiar para ele, no entanto, o crescimento pode ser. Eles conhecem os pacotes, as vantagens e as horas a serem colocadas por rote e sabem que são boas no que fazem.

Mas, onde é a diversão nisso?

Qual é o objetivo de estar em um trabalho sem saída que você não pode esperar para se retirar? Por que despertar as horas de contagem até que você possa voltar a dormir?

Marc Freddman, CEO e fundador da Encore.org , cunhou o termo “encore career” em 2009 que “procura combinar um senso de propósito com a paixão do serviço público e uma verificação de pagamento para as pessoas nos anos 50 e 60”.

A porcentagem de empregados que desejam suas “carreiras” ulíacas teve um aumento acentuado nos últimos anos. As pessoas querem abandonar seus empregos na esperança de encontrar novos que não só os inspiram, mas que também lhes proporcionará segurança e altos retornos.

Aqui está uma lista de razões para ir lá e viver o seu “segundo” trabalho de sonho e para ter certeza, este se destaca.

  • Não se trata do dinheiro, é sobre a experiência. Nosso maior dilema moral é escolher entre ganhar os grandes dólares constantes e mergulhar de cabeça em nossas paixões . Uma vez que você trabalhou um trabalho estável por mais de sete anos, você provavelmente terá economias suficientes para se recuar em tempos de crise. Isso lhe dá a liberdade de explorar uma nova possibilidade, mesmo que o dinheiro seja um pouco apertado para os primeiros meses transitorios. Mas, se você ama o que você faz e você finalmente acorda todas as manhãs excitado para começar seu dia de trabalho, então os retornos são muito maiores do que qualquer figura de seis dígitos.
  • Você finalmente perceberá sua verdadeira vocação . Se sua nova carreira chega a você tão natural como a respiração, então você tem seu próprio eureka momento em que você percebe que isso era o que você deveria fazer, o tempo todo!
  • Você é apreciado por cada pináculo de esforço que você coloca. Pode ter havido momentos em seu último trabalho onde você nunca conseguiu o tapinha na parte de trás que sentiu que merecia, ou quando ficou muito confortável e começou a relaxar. Começar uma carreira em algo completamente novo e inexplorado deixa você com a liberdade de tentar a mão em cada parte dele e sair para possuí-lo.
  • Você nunca é muito velho para aprender. A principal causa de insatisfação dos funcionários com suas carreiras existentes é que eles sentem que aprenderam o comércio e esgotaram-no. Não há nada de novo para descobrir ou ser ensinado e que logo aí começa o início da estagnação. Quando você se torna relaxado com o seu trabalho, você tende a dar por certo e lentamente de um 100 por cento, se resume a 70, depois a 50 e depois a 35. Quando você começa uma nova profissão, é como voltar para o primário raízes e aprendendo uma nova dica, um novo método e uma nova ideologia todos os dias. E se é algo que pique seu interesse, então seu gráfico de esforço em termos de carreira, será constante em um 100 através de tudo.

Então, dê uma segunda chance de viver o trabalho dos seus sonhos, dê tudo e nunca olhe para trás novamente. Lembre-se, o mundo é seu.

Como identificar se você escolheu a carreira errada

Como alguém que experimentou uma boa quantidade de mudanças de carreira nos últimos anos, acho muito importante ter um entendimento básico de sinais de aviso de carreira. Com toda a honestidade, quando comecei no mundo profissional, tive muitos problemas para entender se meus sentimentos de insatisfação eram normais, ou se eles eram indicativos do fato de que eu não estava na carreira correta. Da mesma forma, eu não tinha certeza de como outras pessoas estavam marcando melhores empregos do que eu, ou estavam se qualificando para promoções mais rapidamente do que eu. Há tantas questões de trabalho que não respondem, e decisões de carreira confusas que escolhemos ignorar, porque não temos certeza de quais nossos próximos passos devem ser.

Embora cada um desses pontos possa ser um sinal de que você não está no caminho correto da carreira, uma advertência importante: é crucial entender a causa raiz de por que você está enfrentando cada um desses sinais.

Se você está passando por algum desses sinais, certifique-se de se perguntar “por quê?” Você está passando por um tempo particularmente intenso no trabalho, ou esses sintomas são parte de um problema maior? Aqui estão 10 sinais importantes que você pode estar no caminho errado da carreira (de um especialista em RH):

1. Você se concentra em “extras” no trabalho para ajudá-lo durante o dia. 
Podemos enfatizar que, se você está sempre olhando para um bônus futuro, uma conferência, um aniversário de marco ou uma viagem na equipe de vendas, ele diz algo sobre sua felicidade no dia-a-dia. As vantagens do trabalho não são o único motivo para manter um emprego. Embora, sim, é importante ver o seu trabalho a longo prazo, se você estiver focalizando a imagem, porque o trabalho real o deixa louco, isso é um problema.

2. Negatividade. 
Especificamente, quando “você aborda todas as situações com uma atitude negativa e tenta convencer-se de que você está” jogando apenas o defensor do diabo “. Depois de chegar a este ponto, você está usando a negatividade como desculpa para ser passiva agressiva … e outros sabem disso. “

Se você é negativo em todo o seu trabalho, você pode achar que sua produtividade está escorregando também. A negatividade pode ser uma das principais razões pelas quais você está tendo problemas para encontrar motivação para completar tarefas diárias no trabalho.

3. Você não consegue parar de falar sobre o trabalho, e você se queixa constantemente do seu trabalho depois de sair do escritório . 
Se a sua insatisfação é de todos os seus amigos, é claro que sua situação não está funcionando. Honestamente, não há uma maneira de girar isso em uma luz positiva. Se você está queixando-se de algo que você poderia resolver, confrontando o problema no trabalho, então provavelmente é apenas uma questão circunstancial. Mas se você se queixa porque não gosta do trabalho, ou porque está trabalhando duro, mas na verdade não tem um objetivo final, isso aponta para uma questão de carreira abrangente.

4. Você não está dando o seu melhor. 
Define-se isso como: “Quando” fazer isso “substituiu” orgulhar-se do seu trabalho “. Seja honesto: você está telefonando para o trabalho? Seja ainda mais honesto: por que você está meio prescindindo disso? Você está com excesso de trabalho, ou você sente que seu trabalho não merece toda a sua atenção porque você não gosta da natureza de sua carreira atual?

5. Você queima facilmente por causa do trabalho que você está fazendo.
Pessoalmente, acho muito mais fácil queimar o trabalho que você odeia do que completar tarefas que você está entusiasmado. Isso não significa que você não pode se queimar enquanto trabalha no trabalho dos seus sonhos. Mas se o seu exaustão deriva do fato de sua carreira não o inspirar, talvez seja hora de descobrir o que o inspiraria e energizá-lo o suficiente para querer completar seu trabalho.

6. Você teve expectativas incorretas ou infladas sobre sua nova carreira, e seu trabalho não atende a essas expectativas. 
Esta é definitivamente a armadilha em que caí como um novo pós-graduado. Mesmo com vários estágios no meu currículo, não acho que percebi plenamente o que estava me dando quando recebi meu primeiro “trabalho de carreira”. O estilo de vida de nível de entrada é vendido para jovens de 22 anos recém-formados, mas muitas vezes não consegue atender às expectativas. Se você ama sua indústria e pode se ver um dia fazendo o trabalho de seu chefe, então pode valer a pena resolver isso. Mas se você perceber que a trajetória que se desenrola na sua frente não é atraente, é melhor falar mais cedo e não mais tarde.

7. Você não sente um maior senso de propósito em  seu trabalho. 
Faça estas três perguntas: você acredita no trabalho que você faz? Você acredita na missão da sua empresa? A contribuição da sua indústria escolhida para o mundo o excita? Seu trabalho não precisa necessariamente parecer proposital para sua família, seus amigos ou mesmo para o público. Mas você deve ser capaz de ver o propósito a longo prazo em sua carreira.

8. Você gasta muito tempo pensando em rotas de fuga, ou trabalhos diferentes que você poderia fazer,  mas não estão perseguindo. 
Sobre este ponto, nunca é fácil quando você percebe que está no caminho errado da carreira.  Se você já percebeu isso,  e se colocou através de um teste rigoroso para garantir que você não esteja apenas tendo uma série de dias ruins, ou permitir que fatores externos influenciem seu trabalho, então é hora de começar a atuar. Não deixe seu medo do desconhecido impedir que você avance.  Faça o seu trabalho e faça bem, mas perceba que agora também tem um emprego a tempo parcial: procurando uma nova oportunidade.

9. Você fica no seu trabalho para a segurança, mesmo que sua carreira atual geralmente faça você se sentir preso.  

Quando eu decidi mudar de carreira, um ponto de viragem para mim era perceber que eu ainda estava no meu trabalho porque a) Eu não queria lacunas inexplicadas no meu currículo, eb) Eu precisava do seguro de saúde. Naquele momento, eu sabia que não queria que meu trabalho se tornasse minha carreira. Quando me perguntei por que eu ainda estava lá, “bons benefícios” era a única resposta que eu poderia encontrar. Foi um indicador claro de que não estava tão ligado à minha chamada carreira como eu era para o meu seguro odontológico. (No entanto, deve-se notar que manter seu emprego em segurança até encontrar outro não é uma má idéia.)

10. Você se preocupa constantemente com o que virá depois, porque você sabe que não quer seguir sua trajetória de carreira atual. 
Se você está tentando descobrir seus próximos passos,  temos alguns conselhos: “Antes de fazer qualquer movimento, é muito importante parar e respirar.  As transições de carreira devem ser tomadas de forma deliberada e devagar. Anote o que você ama sobre seu trabalho e o que você odeia.  Anote onde você se destaca e o que você gostaria de trabalhar. Se você se sentir confortável, converse com seu chefe.  Esta poderia ser a primeira conversa de sua nova vida profissional, ou a conversa que confirma para você que você está no caminho errado da carreira.  A seu chefe para comentários.  Se  você não conseguir, (gentilmente) exigi-lo. 

Se você não conseguir obter a direção ou o feedback de seu chefe, você pode até querer considerar conversar com um parceiro de RH confiável ou um mentor. Então, olhe para as oportunidades dentro de sua própria empresa para as quais você pode ser mais adequado.  Se isso é um beco sem saída, ou sua mudança de carreira requer uma mudança mais dramática, comece a se concentrar na busca de uma nova oportunidade.  Leve a sério.  Compreenda onde você quer estar e tente aprimorar as oportunidades que o aproximarão de seu objetivo. Lembre-se que o trabalho de seus sonhos pode não ser o seu próximo trabalho, mas você precisa ter certeza de que o próximo trabalho que você leva alinhe com o trabalho dos seus sonhos. E tente não tirar um emprego do desespero emocional, ou você vai voltar a olhar em seis meses “.

Dicas de como escolher a profissão

Vamos encarar, nem todos sabem o que querem fazer com a vida. Enquanto ainda há muito tempo para decidir onde você quer ir e o que você deseja seguir, aqui estão algumas dicas muito úteis para orientá-lo na rota certa.

1. Siga um caminho de carreira com o qual você é apaixonado

Em primeiro lugar, e talvez mais importante do que qualquer outro ponto desta lista, é vital escolher um trabalho com o qual você se sinta apaixonadamente – ou melhor, talvez mais ao ponto – você sabe que você tem o potencial de se preocupar.

Nem todo mundo cresce querendo ser um especialista em SEO, mas se você é alguém que tem um forte interesse em análise de dados, computadores e uma mente investigativa, você pode achar que você pode desenvolver uma paixão real pelo papel.

Se você é um whiz de computador, mas não possui nenhuma dessas qualidades, pode não valer a pena o seu tempo mesmo procurando uma carreira nesse setor. A chave aqui é encontrar algo que você já se preocupe muito, ou poderia potencialmente se ver se dedicando no futuro.

Se você não tem certeza do que oferece certo emprego quando se trata desse tipo de características, certifique-se de fazer algumas pesquisas de fundo e descobrir o que elas implicam. Você não quer começar uma nova carreira, só para descobrir no primeiro dia você odeia o que está fazendo.

 

2. Pense sobre sua localização e estilo de vida

Você pode se preocupar o suficiente com um determinado tipo de trabalho para realizar suas tarefas com um padrão de qualidade superior, mas se o estilo de vida que você conduz como resultado disso não é um que você gosta, mais uma vez não faz você Muito bom.

Profissões diferentes exigem atitudes muito contrastantes em relação ao seu tempo de lazer – com você precisando tomar uma decisão muito cedo sobre se você está ou não disposto a fazer sacrifícios no que diz respeito a acomodar sua profissão.

Ao longo desse quadro de pensamento, é crucial adaptar o seu tipo de personalidade ao seu caminho de carreira escolhido. Se você é alguém que gosta de manter a si mesmo, então pode ser melhor para você manter um emprego onde trabalhar em casa ou de forma independente é viável.

Se você é mais sociável e desfrute da conversa de um ambiente de escritório, sua melhor aposta seria tentar encontrar uma carreira que o veja constantemente interagindo com as pessoas como parte de seu papel.

Localização geograficamente também é importante considerar. Você pode ser oferecido o seu trabalho de sonho, mas se isso significa desarraigar sua vida, talvez não valha a pena. Se você é alguém que não consegue lidar com a agitação em massa, procure uma carreira abundante em seu condado ou região.

 

3. Conheça seus pontos fortes

É quase impossível forjar uma carreira legítima de algo que você realmente não pode fazer com um padrão eficiente. Se você está buscando um futuro em um determinado setor, certifique-se de ter a capacidade de realizar as tarefas que serão necessárias para você nesse departamento.

A coisa fantástica sobre as habilidades é que elas são, em sua maior parte, características relativamente versáteis. Se você é um técnico talentoso, geralmente pode girar sua mão para trabalhar em qualquer peça de tecnologia. Se você é um bom escritor, basta um pouco de pesquisa e você parecerá um especialista sobre as coisas mais aleatórias dentro de horas.

Encontre o que você está melhor e garanta que você trabalhe e utilize esse talento ao máximo. Ao aproveitar suas habilidades ao máximo, você ajuda a se destacar de uma multidão de pessoas que estão potencialmente buscando o mesmo campo de trabalho.

Se você sente que não tem habilidade, você está errado. Todo mundo tem um, mas alguns são apenas um pouco mais difíceis de descobrir do que outros. Para realmente identificar o que é que você é bom, dê uma olhada em algumas das coisas que você gosta (e é talentoso) como um hobby. Você ficaria surpreso com a frequência com que suas qualidades pessoais e empresariais se sobrepõem.

No entanto, apenas porque você é bom em algo não significa que você precisa seguir um caminho de carreira definido – afinal, você pode odiar seu talento. Embora isso fique pensando mais sobre o seu futuro trabalho.

4. Definição de metas financeiras

Por último, também é muito importante definir metas financeiras de onde você está procurando dentro de um certo período de tempo. Naturalmente, isso será impossivel (ou melhor, improvável) para acompanhar intrincadamente, mas eles lhe dão uma idéia aproximada de onde você vai querer e quanto tempo demorará para chegar lá.

Na verdade, este passo é, em sua maior parte, algo de uma pensão excessiva – com isso, sem dúvida, um prejuízo para começar a planejar quanto salário você quer ganhar antes mesmo de saber exatamente onde você quer ir com sua vida.

Dito isto, se você está acostumado a viver um certo tipo de caminho – ou tem ambições de viver um estilo de vida luxuoso no futuro – com certeza que você está apontando para uma profissão que paga grandes dólares, certamente não é algo que deve ser negligenciado.

A maioria das pessoas está feliz em começar no fundo e trabalhar para um salário decente ao longo do tempo – mas se você é alguém que é conduzido pelo dinheiro (por qualquer motivo), então, planejar um caminho de carreira que acomode seus desejos pode ser um passo valioso.

 

Estas são apenas quatro dicas úteis que poderiam ver o caminho para sua carreira futura um pouco mais fácil. Não existe uma maneira definida de se preparar completamente para o futuro – com todos os tipos de obstáculos imprevistos criados para surgir ao longo de sua vida. No entanto, se você seguir os conselhos que estabelecemos aqui, nós prometemos que será consideravelmente mais fácil planejar e traçar sua profissão enquanto se dirige ao “mundo real”. 

Regras da ABNT Para TCC

Todos os trabalhos e portfólios de universidades EAD ou presenciais seguem normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.

Confira abaixo como funcionam essas normas.

1 – Elementos Contextuais de um TCC Sem Drama

São as páginas que antecedem o corpo (introdução, desenvolvimento, conclusão e referências) do trabalho. Sendo indispensáveis à maioria dos trabalhos acadêmicos e incluem:

a) a capa
b) folha de rosto, e
c) índice ou sumário.

A CAPA DO TRABALHO ACADÊMICO
Margens superior e esquerda: 3cm
Margens inferior e direita: 2cm
Letra: Arial ou Times
Tamanho da letra: 14 (maiúscula) e do título 16
Trabalho corretamente digitado e impresso em folha A4.

Conforme padrão da instituição na folha de capa deve conter:

a) no cabeçalho constam o nome da instituição e o curso;
b) em seguida, aparece o nome do aluno;
c) abaixo do nome do aluno está o título do trabalho;
d) segue-se local, ano e semestre de realização do trabalho.

A FOLHA DE ROSTO DO PORTFÓLIO DEVE CONTER:

O nome autor do aluno ou equipe (grupo) no topo da página;
O título do trabalho e subtítulo;
Após o título, há um texto de apresentação;
Se for TCC segue-se o nome do orientador;
Indicação de local, mês e ano de realização do trabalho.

Entre a folha de rosto e a introdução podem constar:

a) Epígrafe – citação chaves ligadas ao tema do trabalho;
b) Apresentação – especificando o motivo da realização do trabalho;
c) Sumário – tópicos e sub-tópicos do conteúdo;
d) Índice – para trabalho com conteúdos isolados.

SUMÁRIO

Para trabalhos de Portfólio, TCC, Monografias, Dissertações e Teses, usa-se “Sumário”.
O sumário deve apresentar o número da página de cada conteúdo dos itens ou capítulos.
Títulos e subtítulos com letras diferenciadas, usa-se maiúscula com negrito em títulos e maiúscula sem negrito em subtítulos.

Monografias, dissertações e teses também podem constar: 
Ficha catalográfica; errata; folha de aprovação; dedicatória; agradecimentos, resumo e listas de abreviaturas, de tabelas, de figuras e de gráficos.

2 – ELEMENTOS TEXTUAIS (Desenvolvimento)

O corpo do portfólio pode ser um resumo, resenha, artigo, projeto, relatório de estágio, monografia, dissertação, TCC, tese entre outros.
Fica organizado entre o pré-texto (apresentado acima) e os elementos pós-textuais.
Geralmente é como uma redação que deve ser digitada com letra tamanho 12, e com espaçamento de parágrafos de 1,5pt entre linhas.
Recuo na primeira linha de até 2cm ou espaçamento de 12pt entre eles.

1 CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS

A citação é uma referência de outro autor no texto. O escritor cita essas ideias e deve indicar a fonte de onde foi extraída a citação, como livros, revistas, jornais, anais, leis e endereços da internet. Os dados das fontes das citações devem ser completos para viabilizar a localização de quem nelas queira buscar aprofundamento.

Nos trabalhos da Unopar essas fontes são listadas no fim do texto sob o título de “Referências Bibliográficas” mas em outras faculdades podem ser colocados em notas de rodapé. Observando-se a contracapa de livros e as últimas folhas de artigos científicos, pode-se encontrar os dados completos das fontes e autores. E são indicadas pelo sistema autor-data ou pelo sistema numérico, ambos descritos a seguir.

OS 3 TIPOS DE CITAÇÃO

1 – CITAÇÃO DIRETA
É a transcrição literal de um texto ou de parte dele podendo ser:

a) curta
b) longa
c) com omissão de trechos;
d) com destaques a trechos;
e) acrescidas de explicações.

Citação com até três linhas (curta)

As citações curtas, de, no máximo duas linhas, são aquelas inseridas entre aspas dentro dos parágrafos, devendo seguir quanto a isso a mesma estrutura da letra do mesmo em forma e tamanho. Não sendo colocadas em itálico, negrito, sublinhado. Se existirem aspas dentro do texto citado, estas devem ser substituídas por apóstrofo para não se confundirem com as aspas que delimitam a citação.

Vou deixar abaixo um vídeo bem rápido que explica 3 pontos bem importantes sobre TCC que você precisa saber antes de começar.

Esse rapaz ai do vídeo é o Amilton Quintela – Criador do TCC sem Drama…um curso que vale muito a pena conferir na hora de começar a criar o seu trabalho!

Como Apresentar Bem um TCC?

A fase que envolve o trabalho de conclusão do curso, o famoso TCC, é extremamente importante para todo estudante. Mais do que a busca de uma nota, o processo simboliza a ponte entre a nossa vivência acadêmica e a profissional. Ou seja, é o primeiro passo em direção a uma nova fase onde os erros que cometemos na vida escolar não serão aceitos, ainda mais num mercado competitivo e exigente.

Hoje, a maioria dos cursos já encaram a apresentação do TCC como uma situação profissional. Pelo menos teoricamente. Neste processo, cada instituição avalia as apresentações de uma forma e peso diferentes, utilizando sua metodologia para testar ao máximo o conhecimento, postura, visões e convicções dos alunos.Como falar bem em uma apresentação de TCC

Como Apresentar um TCC

Apresentar um trabalho de TCC não é uma tarefa fácil e exige dedicação. Quando se trata de um TCC de mestrado ou doutorado então, a situação fica ainda mais séria por conta do título, que exige uma entrega ainda maior, tanto do aluno quanto dos orientadores.

Sabemos que num TCC o tempo que dedicamos à fundamentação de nossa pesquisa, ou seja, a parte escrita, é maior do que o tempo dedicado ao que será exposto, mas a segunda parte é tão importante quanto a primeira.

O tempo expositivo, ou seja, o tempo que você tem para apresentar sua pesquisa, pode e deve ser considerado como uma das etapas principais desse processo. Afinal, se você tem trinta minutos para expor uma tese que sintetiza anos de estudo, é vital que você planeje e selecione com atenção as principais informações para preencher esse tempo.

O primeiro passo para reunir um conteúdo vencedor é selecionar os pontos marcantes, os principais tópicos da apresentação, para dessa forma conseguir ter uma visão geral do todo. Vale dizer que reduzir um trabalho exige habilidade e estratégia, principalmente quando somos os autores, já que, mesmo inconscientemente, tudo nos parece importante.

A Sequencia Correta em sua Apresentação de TCC

Na sequência da organização do roteiro, temos o segundo passo. Este é o momento de trabalharmos o conteúdo selecionado dando um tom mais pessoal em tudo que foi escrito e defendido. É a hora de baixarmos o nosso olhar sobre a obra, de acrescentarmos a nossa argumentação plugando exemplos e cenas ilustrativas. É isso que torna a apresentação mais natural, tanto para nós quanto para os expectadores e banca. Uma ótima dica para esta fase é imprimir o seu entusiasmo ao redigir, afinal, quando a gente se diverte e se empolga com o que está fazendo isso facilita nosso desempenho e cativa quem está vendo.

O Terceiro passo é transformar em imagens a nossa apresentação. Quando me refiro a imagens, isso inclui tanto a apresentação visual, a dos slides, quanto os exemplos ou histórias que contamos durante a exposição. É importante dizer que o os slides devem vir apenas para complementar e ilustrar o nosso raciocínio. Apostar em imagens e menos texto é mais recomendado e evita desviar a atenção do nosso público para o que é mais importante, a fala do apresentador, exceto quando se trata de um projeto que por si só é mais visual, como por exemplo, um projeto de arquitetura, omde as imagens apresentam grande parte da proposta.

Ilustrar contando os casos estudados pode ser uma experiência muito valiosa para o público. Se um caso está lá, com certeza ele tem um papel fundamental para a pesquisa e, por este motivo, já se torna interessante. Conseguir transformá-lo em imagens na cabeça de nossos espectadores é uma habilidade que podemos conquistar treinando a oratória. Uma história bem contada e visualizada pelo contador, com detalhes e acontecimentos interessantes, é muito mais marcante.

A Calma é sua Maior Aliada

Por fim, é importante dedicarmos um tempo para o ensaio desta apresentação. Isso inclui desde ensaios a sós, onde temos a possibilidade de errar, reorganizar ideias e testar novas formas de fazer. Quanto ensaiar tendo um olhar de fora, ainda mais se este olhar for de um profissional parceiro e treinado para te dar um feedback pontual e assertivo. Na falta desse profissional, ser assistido por alguém também vale ser considerado pois já é um desafio.

O mais importante do TCC é aproveitarmos esta oportunidade para promovermos uma experiência positiva, tanto para nossos ouvintes quanto para nós mesmos, e que possa servir de referência para o futuro.

TCC Sem Drama – A Dica que Faltava pro seu Trabalho!

Aqui em meu blog dediquei um post inteirinho para explicar tudo sobre o curso TCC Sem Drama.
Trata-se de um curso passo a passo que explica todos os passos fundamentais que envolvem um bom desenvolvimento do trabalho.
Desde à escolha do tema até uma apresentação perfeita do ponto de vista da avaliação da bancada.

Com certeza vale a pena conferir!

5 Dicas Para Criar um Excelente TCC

Se formar na universidade é o sonho de milhões de pessoas ao redor do mundo.Mas, concluir o processo de formação não é tarefa fácil e quem chega até lá sabe quanta dedicação é dispensada. Horas pesquisando, entrevistando, redigindo projetos, tarefas, noites sem dormir, mas muito compensadores no final.

E o mais complexo desse processo é o Trabalho de Conclusão de Curso ou TCC. Por isso, neste artigo reunimos as melhores dicas para você fazer um TCC de arrasar, digno de nota dez, inserindo com sucesso seu nome no mercado de trabalho. Confira a seguir:

5 dicas para fazer um TCC de arrasar

Se for fazer o trabalho em grupo, escolha o certo!

Durante o período de seu curso é natural que tenha feito amizades e criado vínculos com muitas pessoas de sua turma. Porém, escolher o grupo certo não necessariamente tem relação com fazer o projeto com os melhores amigos. Eles nem sempre serão os melhores com quem já trabalhou. Além disso, procure não ter em seu grupo pessoas com quem nunca trabalhou antes, assim evitará surpresas no meio do caminho.

Dedique-se antes do tempo

O TCC é um trabalho muito complexo e, por isso, requer muita dedicação. Mesmo antes do último ano, pois facilita na escolha e análise do tema pretendido, se vai ser o acesso às pessoas necessárias em pesquisa de campo, se realmente viável o tema. Além de dar uma dimensão do interesse dos possíveis companheiros de trabalho no assunto desejado e pré-conceber um cronograma de trabalho. Afinal de contas, administrar o tempo é fundamental.

5 dicas para fazer um TCC de arrasar

Escolha o orientador certo

Grupo formado, tema selecionado é hora de escolher e convidar um orientador. O orientador deve ser aquele professor/mestre que mais cujo método e disciplina mais se aproximam do assunto que deseja tratar.

Nos cursos de comunicação, por exemplo, Jornalismo, há os professores de telejornalismo, documentário, livro-reportagem etc. Se seu projeto for um livro-reportagem o mais recomendado aí seria o professor correspondente.

Em cursos de outras áreas, certamente o escolhido deve ser aquele cuja especialidade mais se aproxima do tema sem levar em consideração o produto final.

Não hesite em gastar

Um TCC demanda muito mais que tempo. Requer por vezes um investimento financeiro, que parte, claro, do próprio bolso dos alunos. Os gastos geralmente são com a aquisição de materiais, aluguel ou pagamento de transporte para levar os membros do grupo a campo, impressão, encadernação e etc.

Seria interessante guardar um dinheirinho pensando no futuro do projeto. Afinal de contas, é ele que vai ingressá-lo no mercado de trabalho.

Não seja mandão

Todo grupo tem um líder. Mas, liderança não se resume a dar ordens e/ou ditar as regras.Se esse for o seupapel no grupo, ou não, leve essas dicas para a vida: sua presença é fundamental para o bom desempenho da equipe, então seja agradável com seus colegas, pense no coletivo, pois você não está sozinho.

Tente se dedicar para que o trabalho saia de qualidade e quem sabe possa ser usado para outros meios.

TCC Sem Drama (Dica Extra)

Eu não sei se você já conhece o TCC Sem Drama desenvolvido pelo professor Amilton Quintela, mas quando o assunto é um manual passo a passo para o desenvolvimento de um bom TCC esse curso simplesmente não tem concorrência!

Ele nos pega pela mão desde a escolha do tema, passando pela colheita de informações e indo até uma apresentação impecável junto à bancada avaliadora.

É simplesmente incrível mesmo esse material…
Aqui mesmo em meu blog tenho um review completo do curso vale a pena conferir! 😉

TCC Sem Drama Funciona? Vale Realmente a Pena? Explico Tudo abaixo!

Olá Pessoal!
tcc sem dramaDepois de muuuuito tempo fora voltei para falar sobre um curso que simplesmente SALVOU A MINHA VIDA!
Estou falando do curso TCC Sem Drama do Professor Amilton Quintela.
Pra quem não sabe, eu acabei de me formar em comunicação e multimeios pela PUC-SP…Inclusive esse é o motivo pelo qual fiquei tanto tempo sem postar nada aqui no blog.
E como todo formando, eu também tive uma dificuldade enorme na criação do TCC.
Mas felizmente a internet é uma mãe, e eu conheci o TCC Sem Drama – Esse curso simplesmente fantástico ao qual dedico este post explicativo. tcc sem drama

Então se você veio aqui em busca de informações sobre o curso – Veio ao lugar certo!
Estou com todas as informações do curso muito frescas na mente e posso te passar todas as informações que precisa antes de decidir pela compra ou não do curso.
Então vamos la?! 😉

Nota: Este artigo tem como objetivo tirar dúvidas sobre o TCC Sem Drama – Caso você já tenha assistido ao vídeo e quer apenas saber onde comprar o curso
Clique Aqui E você será encaminhada para a página OFICIAL do curso para comprar com segurança 😉

TCC SEM DRAMA – DO QUE SE TRATA EXATAMENTE?

O TCC Sem Drama é um curso inteiramente online que oferece um passo a passo COMPLETO pra você que não tem a mínima noção de como começar seu TCC ou que tem dificuldades em pontos específicos do trabalho.
Muitas pessoas empacam logo de cara…na hora de definir o tema ou a modalidade do trabalho. E é ai que esse curso te pega pela mão e te ilumina o caminho por todo o trabalho…desde a definição do tema até o dia da apresentação! – É fantástico mesmo!.

Afinal, se você não tem a mínima ideia de como fazer um TCC não é culpa sua!
Nosso sistema de ensino realmente não nos prepara pra isso, precisamos mesmo de um passo a passo se queremos nos sair bem. 😉

Então que fique beeeem claro aqui, que o TCC Sem Drama não irá fazer o trabalho por você!
Não é uma empresa que você paga e o trabalho já sai pronto, ok?! 😉
Apesar dele transformar o TCC em algo extremamente simples, é você que no fim das contas terá que fazer o trabalho…mas pode ter certeza que seguindo os passos do curso, você concluirá seu TCC em poucas semanas e com certeza seu trabalho será aprovado com louvor pela bancada!

TCC SEM DRAMA – QUAL O CONTEÚDO DO CURSO?

Comprando o curso você terá acesso a mais de 40 vídeo aulas muito bem explicadas que te ajudarão desde a escolha do tema até a apresentação à bancada avaliadora.

Cada módulo do curso solucionará uma etapa do processo, alguns dos módulos são:

  • Definição do Tema: O primeiro passo é saber onde se quer chegar certo?
    Então neste módulo o professor Amilton através de uma técnica chamada brainstorming te faz refletir sobre todo o conhecimento que você recebeu até agora e assim COM CERTEZA você conseguirá definir um tema para seu trabalho – Tudo de maneira extremamente simples e efetiva!
  • 5 C’s: No inicio do curso o Professor te da uma série de noções de controle do tempo e aumento de produtividade, para que você possa otimizar seu tempo e REALMENTE trabalhar no seu TCC em vez de ficar rodando sem sair do lugar! (Muito bom esse módulo).
  • Introdução: Como o nome do módulo já diz…este módulo do Tcc Sem Drama é dedicado a te ensinar a fazer uma introdução sucinta, compacta e extremamente direta! Justamente para deixar bem claro para a bancada avaliadora logo de cara qual o objetivo do seu trabalho e o que você espera provar através dele.
    (Tenha sempre em mente que seu trabalho precisa ser claro e direto ao ponto. Uma introdução de qualidade é justamente esse ponta pé inicial que não pode falhar!)
  • Desenvolvimento: É muito comum que no decorrer do trabalho se perca o foco e acabemos “enchendo linguiça” em alguns pontos. Esse é um dos fatores que mais causa reprovação, pois se os professores realmente fizerem um trabalho de qualidade e observarem mais atentamente o conteúdo do trabalho isso será facilmente detectado. Então neste módulo o Amilton novamente te pega pela mão e te faz escrever exatamente da maneira que fará as ideias fluírem e que você seja o mais eficiente possível – Afinal, professor nenhum irá reclamar por seu trabalho ter poucas páginas!
    Lembre-se: poucas páginas não necessariamente significa pouco conteúdo! 😉

Enfim…o Tcc Sem Drama é EXCELENTE e me ajudou demais na criação e aprovação do meu TCC. Se estiverem na dúvida se vale a pena, vão por mim – Vocês não vão se arrepender!
Ainda mais porque geralmente o TCC fazemos em grupo, então se rachar o valor do curso entre os membros, o valor será muito pequeno em vista do excelente conteúdo.

QUAIS OS BÔNUS DO CURSO?

Além do conteúdo de ótima qualidade do curso em si, o TCC Sem Drama ainda possui uma série de bônus e materiais complementares para você garantir a nota máxima do seu trabalho!
Alguns desses bônus são:

  1. Cronograma: O Amilton disponibiliza no TCC Sem Drama um cronograma passo a passo para que você consiga se programar da maneira mais eficiente possível. Se você seguir à risca esse cronograma com certeza você garantirá uma ótima nota e ainda não perderá a sua vida social por meses kkkkk 😀
  2. Infográficos: Infográficos são capazes de salvar a sua apresentação, pois a bancada precisa ver em números aquilo que você defende no trabalho. Então o professor já disponibiliza vários infográficos para você já matar esse ponto!
  3. Formatação: Outro ponto que tira MUITA nota caso seja feita de qualquer jeito, e é algo tão simples que você não pode permitir que isso seja um problema. Então, novamente o professor disponibiliza um pequeno e-book que responde rapidamente como formatar seu trabalho segundo as normas da ABNT da maneira adequada;
  4. 50 modelos de tccExemplos (Esse bônus é incrível!): O professor Amilton disponibiliza 50 modelos de trabalhos REAIS, APROVADOS E COMENTADOS! Para que você possa praticamente dar um Ctrl+C Ctrl+V na estrutura dos trabalhos de alunos com nota máxima!
  5. Apresentação: Aulas de oratória com uma coach especialista em apresentações ao público…Se você é tímido, tem MEDO de falar em público esse bônus será de MUITA ajuda!
  6. Slides: Não me venha com aqueles slides padrão do Power Point nas apresentações hein meu povo! rsrs… Pouca gente cria slides de qualidade nas apresentações, mas isso faz uma grande diferença pois da um ar muito maior de qualidade e sofisticação na sua apresentação. Por isso no Tcc Sem Drama você tem acesso à modelos prontinhos de slides prontinhos para receber seu conteúdo!
  7. Facebook: Além do suporte via telefone, whatsapp do próprio professor Amilton e sua equipe, como bônus você ainda é incluído em um grupo exclusivo para alunos no Facebook.
    Lá você poderá tirar dúvidas e trocar experiências e dificuldades com os demais alunos!
    Excelente bônus esse!

Esses são alguns do bônus que mais me ajudaram e que pra mim só eles já pagam o valor do curso 😉

tcc sem drama funciona

PRINCIPAIS DUVIDAS DOS LEITORES

Posso confiar em passar meus dados na hora da compra?
Sim! O Curso TCC Sem Drama é vendido pelo Professor Amilton Quintela por meio de uma plataforma chamada Hotmart, essa plataforma pertence ao grupo Buscapé dona de várias marcas na internet como o QueBarato, o BondFaro e o E-bit, Essa empresa é extremamente séria, confiável e pioneira em ferramentas de vendas pela internet, então fique tranquilo!

Posso confiar mesmo no Professor Amilton?
Sim! Professor Amilton Quintela além de ser um excelente profissional, mesmo que ele quisesse ser desonesto com você, isso não seria possível! Como mencionamos acima, a venda é feita através do Hotmart, então quando você realiza a compra do guia você estará fazendo o pagamento não ao professor, mas ao Hotmart. Ele apenas receberá o pagamento caso você fique satisfeito com o produto depois de 30 dias de garantia de satisfação.

Como vou ter acesso ao TCC Sem Drama?
O curso é inteiramente digital, você não irá receber nada em casa! Assim que o pagamento for confirmado pela equipe do Hotmart, você receberá um e-mail com todas as informações para já entrar no site oficial e poder assistir às aulas 24 horas por dia. Você também pode usar seu tablet e até smartphone se preferir, sem burocracia!
(Se você efetuar a compra com cartão de crédito, em poucos minutos você já receberá o e-mail do Hotmart, mas se você comprá-lo por boleto bancário seu acesso será enviado depois que o seu banco confirmar o pagamento, isso pode levar 1 dia ou 2 dependerá do seu banco)

Eu tenho alguma garantia?

garantia do curso tcc sem dramaSim!
O professor Amilton confia tanto na qualidade do Tcc Sem Drama que ele nos da 30 dias de garantia incondicional! Ou seja, caso você faça sua compra hoje…você já receberá o acesso ao curso, com todos os bônus e já começa a estudar. Se em 30 dias você chegar a conclusão de que o conteúdo não valeu o investimento, você só precisa enviar um e-mail para o suporte do curso e pedir o dinheiro de volta!
Todo o valor será devolvido sem questionamento! 😉

CONCLUSÃO – TCC SEM DRAMA FUNCIONA MESMO? VALE A PENA?

Sim! Com toda a certeza o Tcc Sem Drama funciona e vale DEMAIS a pena!

tcc sem drama vale pena

E eu digo isso por experiência própria – Eu entrei no penúltimo semestre do meu curso sem a menor ideia do que criar como TCC e depois de assistir às primeiras aulas do curso eu já estava com tudo esquematizado na minha mente, inclusive eu praticamente terminei o meu tcc no mesmo semestre!
No ultimo semestre apenas lapidei o conteúdo, incluindo algumas coisas que aprendi e retirando o que achei excesso.

Então vale DEMAIS a pena comprar, pois o curso é muito barato para o conteúdo que ele entrega.
Nós não estamos acostumados a esse tipo de trabalho e precisamos realmente de um roteiro para construir um material que tenhamos orgulho de apresentar em público e que consiga demonstrar tudo que aprendemos no decorrer da graduação.

Eu fiquei muito orgulhosa do meu TCC e sei que o impacto do TCC sem drama na qualidade do meu trabalho foi enorme!
Eu sempre indico esse curso para amigas e familiares que estão para concluir a graduação, pois ele realmente tira todas as dúvidas e nos da um passo a passo sem erros para seguir!
Além de tudo o preço é muito baixo…principalmente se dividirmos com o grupo.

Bom…fica aqui então a minha opinião e a minha experiência sobre o TCC Sem Drama – Espero que eu tenha conseguido tirar as suas dúvidas e receios.
Caso tenha optado pela compra do curso, deixarei abaixo o link do site oficial para você comprar de forma segura o conteúdo original!
E após a compra, volte aqui e deixe seu depoimento – Ele pode ajudar mais pessoas que estejam na dúvida! 😉

tcc sem drama

Então vou ficando por aqui…beijo leitores!
Até a próxima! 😉

error: Content is protected !!